Blog do Henrique Fontes

Dedico esse espaço a relatos sobre minhas andanças cobrindo e produzindo concursos, outras paixões, como o futebol e o esporte em geral, ou quaisquer outros tópicos que me venham a cabeça. Espero que curta.

Minha foto
Nome:
Local: São Paulo, São Paulo, Brazil

6.6.07

Hoje é dia de decisão

Mais tarde o Grêmio entra em campo para enfrentar o Santos na Vila Belmiro. Em jogo estará uma vaga na final da Libertadores, quase um sonho quando penso que faz dois anos o meu amado tricolor estava penando na Série B.

De repente me lembrei daquela tarde sábado, Náutico e Grêmio nos Aflitos. Para nós bastava o empate e estaríamos no ano seguinte de volta à eleite do futebol brasileiro. 35 minutos do segundo tempo e o juíz inventou um pênalti para o Náutico. Estava só no meu apartamento de Curitiba, me lembro que cheguei a perder a respiração por um instante. Não podia ser verdade. Os jogadores do Grêmio não se conformaram e partiram para cima do juíz. Um a um eles iam sendo expulsos. Sobraram 7 jogadores do Grêmio. Mais um expulso e o jogo seria encerrado. Não teve jeito. Enquanto o jogador do Náutico se preparava para chutar a bola e acabar com a alegria gremista, eu estava aos prantos, de joelhos, agarrado ao meu terço (a cena é até meio ridícula, o que o futebol não faz com uma pessoa!). Lá foi ele. O goleiro espalmou a bola e no que a nação gremista explodia em felicidade, o que parecia impossível aconteceu: um gol do Grêmio! Foi a coisa mais impressionante já vista em um jogo de futebol, uma emoção rara, resultado de um time de raça como nenhum outro no planeta. Depois foi se segurar jogando com apenas 7 jogadores e sair para o abraço após o apito final do daquele juíz de merda. O Grêmio retornava à Primeira Divisão!

Um ano depois e o inesperado terceiro lugar no Brasilierão garantia ao Gremião vaga na Libertadores. Como nem tudo é perfeito, enquanto o Grêmio conquistava o direito de participar da Libertadores, o Internacional sagrava-se campeão do mundo...

Na Libertadores de 2007 o Grêmio teve que correr atrás do prejuízo diversas vezes, e o fez muito bem. Hoje é o grande dia. Basta segurar o Santos, podendo até tomar um golzinho. Depois vem a grande final e quem sabe, o tri-campeonato.

Hoje é dia de decisão. Hoje é dia de tudo ou nada...

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home