Blog do Henrique Fontes

Dedico esse espaço a relatos sobre minhas andanças cobrindo e produzindo concursos, outras paixões, como o futebol e o esporte em geral, ou quaisquer outros tópicos que me venham a cabeça. Espero que curta.

Minha foto
Nome:
Local: São Paulo, São Paulo, Brazil

12.11.06

Pela quinta vez a Venezuela vence o Miss Internacional

A venezuelana Daniela di Giacomo é a típica "Barbie Latina": loira, cabelos compridos, alta e magra. A Venezuela parece ter descoberto a fórmula mágica para vencer o Miss Internacional, já que esta é a sua quinta vencedora na história do concurso e a quarta em apenas 9 anos.

Curiosamente desde 1997 a Venezuela vence o Miss Internacional a cada três anos: 1997, 2000, 2003 e 2006.

O evento aconteceu na China e a sua finalíssima veio recheada de surpresas. Se a vitória da venezuelana era esperada por muitos, a segunda e a terceira colocações de Panamá e Coréia, respectivamente, surpreenderam. Nenhuma das duas aparecia nas listas de favoritas do concurso.

Favoritas da Finlândia e Alemanha sequer conseguiram classificação entre as 12 semifinalistas.

O Miss Internacional aconteceu na China pela segunda vez, tendo sida a primeira em 2004. Assim como naquela ocasião, quando o Brasil foi representado pela ex-BBB e atriz Grazi Massafera, após alguns dias de tratamento 'classe A' no Japão, as misses começaram com muitas queixas ao chegarem na China.

Segundo uma delas, os chineses as tratavam de forma grosseira, muitas vezes eram obrigadas a acordar às 5 da manhã e até faltava comida (em certa ocasião almoçaram apenas pedaçoes de pão).

Por outro lado, o evento quando realizado na China ganha em qualidade: coreografias mais elaboradas, excelente cenografia e transmissão televisiva de alto nível. No Japão o Miss Internacional chega a parecer um concurso amador nos últimos anos.

De qualquer forma, foi muito difícil cobrir o Miss Internacional 2006. Para se ter uma idéia, as agências de notícias internacionais demoraram mais de 12 horas para soltarem as primeiras fotos do evento. A cobertura do GB pode ser vista no seguinte link: http://www.globalbeauties.com/international/2006/i06.htm

O Brasil foi representado pela bonita Maria Cláudia Barreto do Acre, enviada pela Gaeta. Infelizmente, ela não conseguiu classificação.

1 Comments:

Anonymous Vitor said...

Daniela é linda e mereceu. Não sei com é sua personalidade, mas plasticamente, ela é praticamente perfeita. Além de muito semelhante a sua antecessora, Andrea Gómez, uma das venezuelanas mais injustiçadas dos concursos. E logo ela que é linda! Enquanto isso temos que ver venezuelanas "feias" se classificando, como Eva, Federica, Monica, etc...

6:57 PM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home