Blog do Henrique Fontes

Dedico esse espaço a relatos sobre minhas andanças cobrindo e produzindo concursos, outras paixões, como o futebol e o esporte em geral, ou quaisquer outros tópicos que me venham a cabeça. Espero que curta.

Minha foto
Nome:
Local: São Paulo, São Paulo, Brazil

25.9.06

Varsóvia e suas muitas cores

Quando eu chego a uma cidade ou país pela primeira vez tenho um pequeno ritual: gosto de sair do hotel, escolher uma direção e caminhar, sem mapas, sem informações sobre pontos turísticos, sem idéia de onde eu vou parar. E foi isso que eu fiz neste sábado, fui conhecer Varsóvia sem muita idéia de onde estava indo.

Saí do hotel e virei a direita. Caminhei vários quarteirões até chegar a um prédio monumental, que pelo que entendi tratava-se do Palácio do Governo. Segui em frente e poucos quarteirões mais tarde estava na parte antiga da cidade, o centro histórico de Varsóvia.

Me lembro de ter lido em algum lugar que Varsóvia foi totalmente destruída durante a Segunda Guerra Mundial e que os edifícios antigos haviam sido reconstruidos posteriormente cm perfeição. De fato entrar nesta área da cidade é como voltar no tempo, uma vez que a arquitetura é antiga, porém tudo é extremamente bem conservado.

Havia um festival de música (rock polonês acho, uma merda!) muitos turistas, os diversos cafés e restaurantes transbordando de gente. Algo que me chama a atenção nesta bela cidade é a quantidade de flores em todas as partes, seja em canteiros e varandas nas residências, jardins bem cuidados nas ruas ou nos diversos parques da cidade.

As pessoas da minha geração, ou seja, dos 30 e poucos anos, aprenderam na escola que o mundo do outro lado da extinta cortina de ferro era um mundo acizentado, triste, pra lá de deprimente. Talvez a Polônia tenha sido assim um dia, mas pelo menos na superfície, parece ter superado o trauma de um passado de repressão e falta de liberdade. A Polônia de hoje tem muitas cores.

E segui caminhando pelas belas ruas de um pedaço da cidade que guarda tanta história e que foi testemunha e até vítima de tantas mudanças em um tempo relativamente tão curto.

Na Polônia de hoje parece que toda família tem um ou vários cachorros, de diversas raças e tamanhos. Na Polônia de hoje as velhinhas gostam de tingir o cabelo de cor-de-rosa, de vermelho, azul ou verde. É sério. Tirei fotos de algumas (a de cabelo cor-de-rosa e a de cabelo vermelho. A de cabelo azul não gostou de ver a minha câmera apontada para ela).

Gostei do que vi. Posso dizer que não esperava muito de Varsóvia, mas a cidade está me supreendendo positivamente. E viva as velhinhas de cabelos coloridos!

0 Comments:

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home